Como curar a diarreia – Remédios caseiros e de farmácia

Para parar a diarreia, de maneira mais rápida, sugere-se a ingestão de alimentos que prendem o intestino, tais como frutas e legumes bem cozidos (batata, arroz, maçã e banana), além bastante água, para manter o organismo hidratado. Ao mesmo tempo, recomenda-se hidratação severa com sucos, isotônicos ou remédios específicos para regularização da flora intestinal como o Floratil.

Uma diarreia pode durar em torno de 3 a 4 dias, caracterizando-se pelo aumento do número de idas ao banheiro e pela perda de consistência das fezes – elas tornam-se aguadas. A busca por alternativas que parem com a diarreia se deve ao fato da desidratação: uma das piores complicações que podem ocorrer.

Recomendações para curar diarreia

Por conta da desidratação que ela pode provocar, é essencial que você mantenha uma boa ingestão de líquidos, de 2 a 3 litros por dia. Porém, somente a água não irá repor toda a perda de potássio e sódio que a diarreia ocasionou – dessa maneira, você pode fazer uso de soro caseiro ou outros líquidos que possuem essas substâncias, a alimentação adequada faz parte das receitas de remédios caseiros para diarreia. 

Evite:

  • Café;
  • Leite;
  • Sucos de frutas;
  • Bebidas alcoólicas.

Opte por:

  • Chá de camomila;
  • Chá de erva-doce;
  • Chá de hortelã.

Não se deve deixar de comer enquanto se está com diarreia, pelo contrário: isso pode piorar a situação de desidratação e diminuir ainda mais o fornecimento dos nutrientes necessários para o funcionamento do organismo. Enquanto estiver com diarreia, deixe de lado alimentos como:

  • Saladas;
  • Fibras;
  • Frituras;
  • Embutidos;
  • Bagaço de frutas;
  • Alimentos muito temperados ou com alto teor de gordura no geral.

A higiene continua sempre sendo uma prioridade: lave bem as mãos várias vezes ao dia, nunca esquecendo de fazer isso antes das refeições. Além da boa alimentação deve-se conferir a lista de remédios para diarreia.

Causas da diarreia

A diarreia tem como causa mais comum a infecção por vírus, bactérias ou outros parasitas que estão presentes nos alimentos que consumimos, acarretando a gastroenterite – uma inflamação aguda, que afeta os órgãos do sistema gastrointestinal.

Além disso, a diarreia também pode ser ocasionada por:

  • Abuso de laxantes;
  • Colites ulcerosas;
  • Doença celíaca;
  • Doença de Chron;
  • Infecção intestinal;
  • Efeito colateral de determinados medicamentos, como antibióticos;
  • Intolerância à lactose;
  • Intolerância ao sorbitol (adoçante produzido a partir da glicose);
  • Quimioterapia;
  • Síndrome do intestino irritável.

ChronChron

A assistência médica deve ser procurada, em casos como quando há presença de sangue (coloração preta ou avermelhada) ou gordura (aspecto volumoso) nas fezes e quando há episódios repetitivos de diarreia, alternados com prisão de ventre.

Também deve-se consultar um médico caso os sintomas não passem depois de três dias consecutivos ou no caso de diarreia na gravidez. 

Referências usadas neste conteúdo